Parecer da CEP rejeitado em votação no plenário.

Publicado em por Prof. Willian Cezar

Na noite de ontem ocorreu a Sessão de Julgamento da Comissão Especial Processante – 001/2019, que apura as irregularidades nos repasses das contribuições patronal ao Instituto de Previdência, no qual Presidi. Após três meses de intenso trabalho, e com parecer do Relator opinando pela Cassação do Mandato do Prefeito, e após 5 horas de julgamento, foi posto em votação secreta, no qual obtivemos 🔟 votos pela Cassação, 6⃣ votos contra e 1⃣ voto em branco. Porém, o Presidente da Câmara teve que convocar uma nova votação, pois a Lei Orgânica do Município, determina que os vereadores votem “SIM” ou “NÃO”, repetindo a votação, tendo como resultado, 9⃣ votos pela Cassação e 8⃣ votos pela absolvição. Apesar de termos conseguido a maioria dos votos, eram necessários 2/3 dos vereadores para ocorrer a Cassação, ou seja, 12 votos. Assim a Câmara absolveu o Prefeito do Município.
Continuarei com o meu compromisso com o município de Itaguaí e honrando o mandato a mim confiado.
#SouItaguaí💚