Willian cobra fiscalização no transporte coletivo

Publicado em por Prof. Willian Cezar

10468073_633946923357669_1341686824900272707_n

Willian Cezar participou, na segunda-feira, 9 de junho, da reunião mensal do Conselho Comunitário de Segurança Pública de Itaguaí (CCSPI), realizada no plenário da Câmara Municipal. Na ocasião, o vereador fez um discurso para chamar à atenção de um problema muito recorrente na cidade, a dificuldade de transporte dos alunos da rede pública de ensino.
Destacou, por exemplo, que os estudantes têm sofrido vários prejuízos, como chegar atrasado na sala de aula e, aliado a isso, ocasionado baixo o desempenho escolar. “Esses alunos têm direito por lei de um transporte público e está sendo negado. O ponto de ônibus onde tem somente alunos, os motoristas passam direto.”.
Como alternativa para solução da questão, tido como um problema crônico na cidade, ele destacou que já encaminhou ofícios a Comissão de Transporte da câmara, a empresa expresso Mangaratiba sobre o problema. Lembrou que protocolou oficio junto a Secretaria de Transporte da cidade. “O meu aluno não está tendo a garantia do transporte para ir e vir. Peço a Secretaria de Transporte que intensifique a fiscalização. Tenho aluno que mora no Mazomba, por exemplo, e não consegue chegar à escola, no bairro Leandro, antes das 8h, sendo que o horário da aula começa às sete da manhã”, disse e completou: “Eles se atrasam porque não tem transporte, e os que têm os motoristas não tem parado para eles”.
O discurso na reunião do conselho também foi direcionado para a falta de mais escolas estaduais em Itaguaí. “Vale lembrar que nós temos hoje cerca de 20 mil alunos matriculados no ensino fundamental, cerca de quase seis mil no ensino médio. Meu aluno sai da escola municipal e tem que ir para a escola estadual que não tem em todos os bairros. São onze unidades escolares, para uma população de 115 mil habitantes”.
Para o parlamentar, muito se fala no combate da criminalidade, porém… “Essa iniciativa, antes de tudo, começa com a educação que é o patamar de tudo”, lembrando que preside a Comissão de Educação e Cultura da câmara e que as reuniões, todas as quintas-feiras, às 10h, é aberta a população.

10425041_633947090024319_1605067282257112419_n