Willian e a defesa da votação do plano de cargos e salário

Publicado em por Prof. Willian Cezar

DSC_0172

O vereador Willian Cezar retornou do recesso do Legislativo questionando por que não foi respeitado o prazo para emissão de parecer da Comissão de Constituição, Justiça e Redação, sobre o sonhado Plano de Cargos e Salário dos servidores da Educação que a Câmara Municipal precisa votar. Nesta primeira sessão de agosto, ocorrida terça-feira (5), o parlamentar foi à tribuna para lembrar aos colegas vereadores de que o prazo da emissão desse parecer já esgotou.
Segundo Willian, havia entendimento que durante o recesso haveria reuniões para tratar sobre o assunto, o que não aconteceu. “Protocolei pedido para que estivéssemos reunidos para emitir esse parecer. O prazo estourou e a categoria precisa desse plano. A comissão só tem que dizer se é constitucional ou não”, destacou. “Se o plano não está atendendo, nós não vamos alterá-lo, tem que vir para ser aprovado. Que entre na pauta do dia, mesmo sem o parecer. Tem que entrar, para gente dar uma resposta”, completou.
Ainda no seu discurso, Willian enfatizou que, se existem alterações a serem feitas, não cabe aos vereadores debater o plano, que é de autoria do poder Executivo. “Eles que têm que alterar. Fora isso, temos que dar respostas, se está constitucional ou não. Lá atrás foi dito que havia inconstitucionalidades. Se há alterações, que se mostre”, sintetizou Willian, sustentando argumento de que a câmara precisa dar um respaldo imediato sobre o plano.